Translate

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Passo a passo para um Risotto perfeito - em 8 passos

             PASSO A PASSO PARA UM RISOTTO PERFEITO - EM 8 PASSOS



1- Use sempre um caldo/brodo quente e feito em casa, pois é mais natural, saboroso e perfumado.

Você pode usar diferentes tipos de caldo de acordo com o tipos de ingredientes com os quais vai preparar o risotto . 
Em geral os caldos mais usados são os de carnes, vegetais e legumes. Tudo depende do sabor que você quer dar ao risotto. 
Mas há uma regra importante: para risotto a base de peixe, camarão etc., você deve obrigatoriamente usar o caldo a base de peixe!

2- Use sempre ingredientes frescos, de qualidade e respeite sempre o tempo de cozimento.


3- Use sempre arroz próprio para risotto.

O Arborio, o Carnaroli e o Vialone nano, são as variedades mais populares para esta receita.

Arroz Arborio: Tem grandes grãos e longas Graças ao seu alto teor de amido resiste ao cozimento e por essa razão é projetado para risoto. E 'o mais amado e conhecido pelos italianos.

Arroz Carnaroli: nasceu de um cruzamento entre o Vialone e Leoncino, ele tem grandes grãos, consistente e simplificado que absorvem odores facilmente e harmoniosamente com os ingredientes. Depois do Arborio, o Carnaroli é a variedade de uso mais comum na Itália.

Arroz Vialone nano: tem grãos de tamanho médio, não muito longo e arredondado. As suas características são semelhantes às do Carnaroli, mas é mais prevalente no Nordeste da Italia. Cozinha em cerca de 13 minutos e é ideal para risotto.

4- Para refogar ou tostar o arroz com a cebola, use óleo de oliva extra virgem de qualidade ou manteiga de ótima qualidade.

O risotto é um prato muito usado no norte da Itália onde antigamente era feito com manteiga, é comum encontrarmos receitas de risotto feito com a manteiga para refogar a cebola. Mas você pode tranquilamente usar um bom óleo extra virgem de oliva. A única exceção é o risoto de frutos do mar, que deve ser preparado com o óleo extra virgem de oliva.

5- Refogue bem o arroz em fogo alto.

A torrefação do arroz provoca a caramelização do amido na panela e nos grãos e consequentemente um melhor cozimento.

6- Mexa sempre o risotto.

Este é o verdadeiro segredo de um bom risoto. Mexa continuamente.

7) "MANTECATURA" - cremosidade : o toque final.

Quando o arroz estiver "al dente" - “ao ponto” (estágio intermediário de cozimento – nem muito duro nem muito macio), desligue o fogo , adicione uma colher de manteiga sem sal e queijo Parmesão de boa qualidade e de preferência ralado na hora. Mexa e Cubra a panela com a tampa e deixe por 2 minutos, e logo depois, mexa antes de servir. Esse processo favorece a cremosidade do prato, uma característica fundamental do risotto.
Atenção: Não utilize o parmesão se você vai fazer um risotto a base de peixe.

8) Sirva sempre quente e deguste assim que ficar pronto.

Para ser apreciado em toda a sua gostosura, o risotto deve ser servido e saboreado quente.